segunda-feira, 31 de agosto de 2009

"Toda criança, independente de sexo, cor, raça, religião, origem nacional ou social, ou qualquer outra condição, sua ou de sua família, tem direito a desenvolver-se física, mental, espiritualmente de forma sadia, em condições de liberdade e dignidade."

Nenhum comentário:

Postar um comentário